Inelegível: PSOL pede que TRE anule candidatura de Crivella

O prefeito do Rio teve inelegibilidade declarada na quinta-feira, mas ainda poderia concorrer em razão dos recursos

Logo depois de sofrer um revés no Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, na quinta-feira (24), o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, pode enfrentar problemas ainda maiores na disputa pela reeleição na capital carioca.

Pouco depois do julgamento que terminou em um 7×0 contra o prefeito em ação movida pelo PSOL e pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) que pedia a inelegibilidade do bispo em razão de um evento na Comlurb em que o filho do bispo, Marcelo Hodge Crivella, o partido decidiu apresentar um pedido de anulação da candidatura do bispo.

Segundo informações de Igor Mello, do UOL, o PSOL defende que Crivella deve ter a candidatura impugnada por ter sido condenado por abuso de poder político por órgão colegiado – o próprio TRE. A legenda tem sido uma pedra no sapato do prefeito, com apresentação de pedidos de impeachment e ações judiciais contra o bispo.

“O Crivella cometeu crime como prefeito e foi condenado por unanimidade. A decisão da TRE tem que ser cumprida. É um pedido que faz justiça aos cariocas que estão sofrendo com a incompetência e o abuso de poder político. O Rio precisa se libertar da corrupção que sempre comandou a nossa cidade”, disse Renata Souza, candidata do PSOL à Prefeitura, ao UOL.

Rejeição alta

Se na esfera judicial as coisas não estão fáceis para o atual prefeito, pesquisas de opinião não aliviam a barra de Crivella. Estudo divulgado nesta sexta-feira (25) pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que a gestão Crivella é reprovada por 71,4% da população carioca, com 60,6% de avaliação Ruim/Péssima.

Mesmo assim, ele aparece no levantamento como segundo colocado entre os candidatos, com 13,6%. O ex-prefeito Eduardo Paes lidera com 25,1%, seguido pela deputada estadual Martha Rocha (PDT), com 11,8%, e a deputada federal Benedita da Silva (PT), com 7,3%. Renata Souza tem 1,6%.

Crivella era apontado como o candidato favorito do presidente Jair Bolsonaro para a eleição municipal do Rio.

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina