O que o brasileiro pensa?
10 de julho de 2020, 06h39

Investigado, Carlos Bolsonaro cogita fugir para os EUA, diz jornal

Alvo de inquéritos no STF, o vereador também viu o cerco contra o "gabinete do ódio" aumentar após punição do Facebook contra perfis falsos

Foto: Reprodução/TV Globo

Investigado em inquéritos do Supremo Tribunal Federal (STF) e alvo de punição do Facebook, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) teria desistido de concorrer à reeleição no Rio de Janeiro para fugir para o Texas, nos Estados Unidos. A informação é de Jussara Soares e Camila Turtelli, no jornal Estado de S.Paulo.

De acordo com o jornal, Carlos também cogitaria se mudar para Brasília, para ficar perto do pai. Contudo, as investigações contra ele e sua família o levariam a buscar refúgio longe do Palácio do Planalto.

O vereador chegou a anunciar nas redes sociais nesta quinta-feira (9) que “está se retirando” para seguir um “novo movimento pessoal”.

“Totalmente ciente das consequências e variações. Aos poucos vou me retirando do que sempre explicitamente defendi. Creio que possa ter chegado o momento de um novo movimento pessoal”, escreveu o vereador.

“Ninguém é insubstituível e jamais seria pedante de me colocar nesse patamar! Todos queremos o melhor para o Brasil e que ele vença! Apenas uma escolha pessoal pois todos somos seres humanos! Seguimos! E surpresas virão! Não comemorem, escória”, continuou.

Além dos inquéritos que investigam a prática de rachadinha e uso de funcionários fantasmas em seu gabinete na Câmara de Vereadores no Rio, Carlos viu o Facebook derrubar na quarta-feira (8) uma rede de perfis falsos ligada ao PSL e a funcionários de seu gabinete, assim como de Jair Bolsonaro (sem partido), Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

A rede social identificou o assessor especial da Presidência, Tercio Arnaud Tomaz, como um dos responsáveis pelos perfis. Tercio é próximo de Carlos, de quem foi assessor na Câmara de Vereadores no Rio.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum