#Fórumcast, o podcast da Fórum
08 de novembro de 2019, 20h07

José Dirceu deve ser libertado somente na segunda-feira

Os advogados do ex-ministro entraram com o pedido de alvará de soltura na Justiça Federal na tarde desta sexta; ao saberem da decisão do juiz que a solicitação deveria ser feita na esfera estadual, entraram com o recurso

Foto: Arquivo

Assim como o ex-presidente Lula, estava prevista para esta sexta-feira (8) a libertação do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Porém, a Justiça Federal do Paraná entendeu que, por estar cumprindo pena no Complexo Médico-Penal de Pinhais, um centro de detenção estadual, o caso deve ser analisado pela Justiça paranaense.

Os advogados de Dirceu entraram com o pedido de alvará de soltura na Justiça Federal na tarde desta sexta. Ao saberem da decisão do juiz que a solicitação deveria ser feita na esfera estadual, entraram com o recurso. Segundo o advogado Roberto Podval, não deve demorar muito para que o petista ganhe a liberdade. “Esperamos que ele seja solto na próxima segunda-feira”, comentou.

Acusação

José Dirceu está preso em Curitiba desde 17 de maio deste ano. Ele é acusado de receber propina em um contrato superfaturado da Petrobras com a empresa Apolo Tubulars, fornecedora de tubos para a estatal, entre 2009 e 2012. Ao se entregar à polícia na época, ele comentou com amigos em um áudio que se dedicaria a leituras e deixou um recado aos companheiros.

“Vamos ver se conseguimos justiça a curto prazo, e vou ler mais, manter a saúde. Fiquem aí na trincheira de vocês que é também a nossa. Vamos à luta. O Brasil já está mudando, o vulcão está em erupção, um vulcão de jovens e mulheres”, disse.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum