Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de julho de 2019, 17h56

Lola denuncia em post tentativa de censura de Marcelo Tas

Blogueira conta que em 2011 sofreu ameaça de processo do jornalista por ela ter criticado o CQC, programa apresentado por ele à época

Foto: Reprodução/TV Cultura

A professora, blogueira e feminista Lola Aronovich revelou em sua conta no Twitter que, em 2011, sofreu censura e tentativa de intimidação por parte do jornalista Marcelo Tas, à época um dos apresentadores do programa CQC.

“Pra quem não sabe, Marcelo Tas, que se vende como campeão da liberdade de expressão, ameaçou me processar em 2011 porque escrevi um post criticando o CQC (que durante um programa cretino falou mal de mulheres que amamentam em público). É um babaca egocêntrico total”, contou Lola.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo.

Na sequência, ela continuou: “Marcelo Tas exigiu que eu tirasse seu nome do post em que eu criticava o CQC e disse num email: ‘Você vai aprender através de um processo por calúnia e difamação a ser mais responsável com o que publica’. Eu recusei. Disse que ele era o principal nome do CQC e não podia fingir que não fazia parte”.

Diante da ameaça, Lola não se intimidou. “Tenho orgulho da minha atitude na época. Em vez de me intimidar e retirar seu nome do post, como Marcelo Tas exigiu, eu vim pro Twitter e contei o que aconteceu. No dia seguinte, publiquei o post mais lido da história do meu blog. Tas nunca me processou”.

Discussão

Recentemente, Tas esteve envolvido em um bate-boca com o editor-executivo do The Intercept Brasil, Leandro Demori, via Twitter. Demori foi corrigir uma informação dada por Tas e recebeu em troca uma “lacrada”. O ex-CQC foi bastante criticado na rede social.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum