Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de março de 2019, 21h50

Malafaia volta a criticar Eduardo Bolsonaro: “Aprenda a respeitar aliados e deixe de bajular guru”

A briga começou quando o pastor, aliado de longa data de Bolsonaro, criticou a fala do filho do presidente sobre brasileiros em situação irregular nos EUA; “O moço falou besteira na questão da saída de Lula para o velório do neto, fez mea culpa, falou besteira sobre imigrantes”

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O bate-boca entre o pastor pentecostal Silas Malafaia e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) teve mais um capítulo nas redes sociais nesta segunda-feira (18). O filho do presidente respondeu comentário de Malafaia, apoiador de longa data de Bolsonaro: “Se o senhor parasse de se informar pela extrema imprensa tb ajudaria. Já trabalhei meses nos EUA lavando pratos c/mexicanos e peruanos numa cozinha cercada de neve no Maine e no Colorado. Sei como é. Mas te entendo, tb ficaria bravo se alguém generalizasse os brasileiros no exterior”.


O pastor rebateu: “Mais uma vez Eduardo Bolsonaro perde a oportunidade de ficar de boca fechada. O moço falou besteira na questão da saída de Lula para o velório do neto, fez mea culpa, falou besteira sobre imigrantes, falou besteira dizendo que Olavo de Carvalho é o maior responsável pela vitória”.

Veja também:  Indicado por Flávio Bolsonaro à PGR mente sobre apoio de Fux e Toffoli

“O que o presidente Bolsonaro falou diversas vezes: Se 80% dos evangélicos me apoiarem eu vou ser eleito presidente. Foi o que aconteceu. Vem agora seu filho, aprendiz de político, dizer q Olavo de Carvalho é o maior responsável pela vitória do pai. Simplesmente ridículo!”, completou. E ainda prosseguiu: “Eduardo Bolsonaro! Eu fui um dos principais apoiadores do seu pai na campanha. Continuo apoiando e peço a Deus que ele faça um grande governo em prol do povo brasileiro. Você como político tem muito que aprender. Para começar aprenda a respeitar aliados e deixe de bajular guru”, disse, fazendo nova referência a Olavo de Carvalho.


“Vergonha”

Veja também:  Atos em defesa da Amazônia e contra políticas ambientais de Bolsonaro tomam as ruas pelo mundo

A briga começou neste domingo (17) quando Malafaia disparou: “Eduardo Bolsonaro ajudaria muito mais ao governo do seu pai parando de falar asneira”. A frase tinha sido uma resposta ao filho de Jair Bolsonaro, que afirmou em Washington, que os brasileiros que vivem ilegalmente no exterior são uma preocupação do governo porque são “uma vergonha” para o país.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum