Fórumcast, o podcast da Fórum
21 de agosto de 2019, 07h45

Palestra de Boulos é censurada em mais um instituto federal

Dessa vez, o cancelamento foi nos campi do Instituto Federal de Ensino do Ceará (IFCE), em palestras que seriam nesta quinta-feira (22) e sexta (23). Aulas serão realizadas em frente à instituição

Guilherme Boulos dando aula na rua, do lado de fora do IFPR. (Foto: Divulgação)

Guilherme Boulos, ex-candidato a presidente pelo PSOL em 2018, teve mais uma palestra censurada. Dessa vez, o cancelamento foi nos campi do Instituto Federal de Ensino do Ceará (IFCE), em palestras que seriam nesta quinta-feira (22) e sexta (23).

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

Em comunicado, a direção do IFCE disse que estava suspendendo todas as atividades relativas à ” I Semana de Direitos Humanos” para “evitar que o evento fosse compreendido como possuidor de um viés político-partidário”, o que não condiz “com a histórica imagem institucional do IFCE”.

A direção ainda se defendeu contra acusações de censura e disse que, na verdade, faltou um debate prévio para a montagem da programação. Apesar das censuras, Boulos decidiu manter suas falas e dará aulas do lado de fora das unidades de ensino.

Não é a primeira vez que Boulos tem palestras canceladas em institutos de educação. No começo deste mês, o procurador José Maurílio da Costa Pereira decidiu proibir sua fala no Instituto Federal do Paraná (IFPR), e o próprio ministro da Educação, Abraham Weintraub, comemorou o ocorrido. “O Brasil está mudando! Essa tigrada precisa saber que os brasileiros acordaram!”, afirmou.

No entanto, assim como ocorrerá no Ceará, Boulos prosseguiu com suas aulas do lado de fora do instituto, como forma de protesto.

Postagem do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) comunicando o cancelamento da palestra de Guilherme Boulos. (Foto: Facebook)

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum