PGR é a favor de progressão de pena de Geddel, o homem de 51 milhões de reais

O ex-ministro foi flagrado em 2017 com R$ 51 milhões distribuídos em 9 malas em apartamento

A Procuradoria-Geral da República enviou nesta segunda-feira (3) ao Supremo Tribunal Federal (STF) um parecer favorável à progressão do ex-ministro Geddel Vieira Lima ao regime semiaberto. Geddel foi preso preventivamente em julho de 2017 acusado de lavagem de dinheiro, e em setembro do mesmo ano, foi flagrado pela Polícia Federal com R$ 51 milhões distribuídos em 9 malas em apartamento ligado a ele.

Geddel e seu irmão, o ex-deputado Lúcio Vieira Lima, tiveram as penas fixadas pelo STF em novembro do ano passado por lavagem de dinheiro e associação criminosa. Os ministros da Corte determinaram que o ex-ministro deve cumprir pena de 14 anos e 10 meses e que Lúcio deveria cumprir 10 anos e 6 meses de prisão. Além disso, ambos deveriam pagar R$ 52 milhões por danos morais e mais R$ 2,5 milhões de multa.

Segundo a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, coordenadora da Lava-Jato na PGR, Geddel já está em condições de pedir progressão para o semiaberto. “Ante o exposto, o Ministério Público Federal manifesta-se para que seja deferido o pedido de progressão para o regime semiaberto de GEDDEL QUADROS VIEIRA LIMA”, diz Araújo após ser consultada pelo STF.

“O réu foi condenado nesta ação penal a 14 anos e 10 meses de reclusão, em regime inicial fechado, bem como ao pagamento de 106 dias-multa. Desse modo, deve cumprir 29 meses e 18 dias para fazer jus ao beneficio pleiteado. Considerando que a prisão preventiva foi implementada em 03/07/2017, o requisito objetivo foi satisfeito”, afirma.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR