Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de setembro de 2019, 10h32

Presidente do PSol, Juliano Medeiros tem palestra cancelada em universidade pública de SC: “Não nos intimidarão. Vai acontecer”

"A Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) proibiu evento com minha presença amanhã em Joinville. Já aconteceu com Boulos, recentemente. Agora acontece comigo. Decisão ilegal, além de autoritária", afirma Juliano Medeiros

Juliano Medeiros (Foto: Divulgação/PSOL)

Presidente nacional do PSol, Juliano Medeiros denunciou pelo Twitter nesta quarta-feira (18) que é mais uma vítima de perseguição do levante conservador capitaneado pelo governo Jair Bolsonaro. Na rede, Juliano afirmou que teve uma palestra que faria na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), em Joinville, nesta quinta-feira (19) cancelada.

INSCREVA-SE para receber conteúdos exclusivos da entrevista do Rovai com o presidente Lula

“A Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) proibiu evento com minha presença amanhã em Joinville. Já aconteceu com Boulos, recentemente. Agora acontece comigo. Decisão ilegal, além de autoritária. Não nos intimidarão. O evento vai acontecer. #censuranuncamais”, tuitou.

No último dia 5, Juliano comentou nas redes sociais a denúncia feita pelo jornal O Globo de que o presidente Jair Bolsonaro e seus filhos usaram os cargos comissionados para empregar 102 pessoas com laços familiares entre si e 37 funcionários fantasmas . Ele disse não se espantar com a notícia já que Bolsonaro não fazia nada enquanto era parlamentar.

Trabalhei na Câmara dos Deputados vários anos e posso atestar: Bolsonaro é um vagabundo, um sujeito limitado que era alvo de chacota cada vez que pisava no plenário. Não é de espantar que usasse seu mandato apenas para ajudar seus parentes (que, como ele, também não trabalhavam).”

Com o PSol como alvo do clã Bolsonaro, Guilherme Boulos já foi impedido de ministrar diversas palestras em institutos federais de educação. As últimas aconteceriam nos campi do Instituto Federal de Ensino do Ceará (IFCE), no mês de agosto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum