Fórum Educação
06 de agosto de 2019, 12h08

‘Sou o capitão motosserra’, ironiza Bolsonaro após críticas sobre aumento do desmatamento

Segundo dados de satélites do Inpe, mais de 1.000 km² de floresta amazônica foram derrubados na primeira quinzena de julho - um aumento de 88% em relação a junho de 2018

Jair Bolsonaro - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a questionar nesta terça-feira (6), em São Paulo, a precisão de dados sobre o desmatamento da Amazônia, assim como a divulgação dos mesmos, registra o Uol.

Na semana passada, o governo decidiu exonerar Ricardo Galvão, então diretor do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o órgão responsável por coletar dados de desmatamento, depois de um embate público entre ele e Bolsonaro sobre a qualidade e a publicidade das informações e simplesmente pelo fator do presidente não ter gostado dos números.

Hoje, Bolsonaro afirmou que “dados imprecisos” sobre desmatamento estão sendo divulgados, e ironizou a questão.

“Um número absurdo como aquele de que eu desmatei 88% da Amazônia. Eu sou o ‘capitão motosserra'”, disse o presidente, que foi capitão do Exército em tom irônico.

“Divulga isso, é péssimo para a gente.” Bolsonaro distorceu o dado do Inpe, que apontou que o desmantelamento na Amazônia avançou 88% em junho na comparação com o mesmo mês em 2018.

Bolsonaro deu as declarações em discurso no congresso da Fenabrave, entidade que representa o setor de concessionárias de veículos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum