Yoko, viúva de John Lennon, vai parar nos TT’s após ser redimida em documentário

Internautas se surpreenderam com a postura da artista na série “The Beatles: Get Back”, respeitosa com os outros beatles, ao contrário do que sempre se falou

Yoko Ono, a viúva do ex-beatle John Lennon, foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter, na manhã deste sábado (27), por conta da estreia da série  The Beatles: Get Back, do diretor Peter Jackson, o mesmo da trilogia “O Senhor dos Anéis“.

Inúmeros comentários surgiram nas redes por conta de seu comportamento. Ela fica durante horas seguidas quieta e sentada ao lado do marido, enquanto a banda ensaia. Alguns internautas consideraram que o mito da megera que provocou o fim da banda cai por terra com as imagens.

Longe de incomodar alguém e fazer pressão, Yoko fica calada praticamente todo o tempo, nunca assume uma postura arrogante, ao contrário de alguns dos beatles, sobretudo Paul McCartney.

Ao mesmo tempo, enquanto Ringo Starr permanece impávido, sem se alterar, George Harrison demonstra uma profunda irritação. Deixa claro que o último lugar que ele queria estar no planeta era ali, a lado de seus companheiros de banda.

Veja abaixo alguns comentários de internautas:

Diários revelados

O diretor Peter Jackson contou em entrevista ao g1, para desespero dos fãs, que o filme, muito mais do que ser um documentário musical, é um relato dos 22 dias que a banda passou sendo filmada pelo cineasta Michael Lindsay-Hogg, em janeiro de 1969, para o documentário “Let it be” (1970).

De acordo com Jackson, graças à tecnologia moderna, ele conseguiu recuperar diálogos que Paul McCartneyJohn LennonGeorge Harrison e Ringo Starr tentavam esconder aumentando o som das guitarras. O fio condutor de tudo, revela ele, através de conversas “que são muito pessoais e íntimas, que eles não faziam ideia de que, 50 anos depois, nós conseguiríamos apagar a guitarra e ouvir essas coisas”.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.