#Força Nacional

24 de abril de 2019, 12h06

Polícia muda acampamento indígena Terra Livre de lugar para garantir que não usará violência

Na semana passada, o ministro Sérgio Moro autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública na Esplanada dos Ministérios. A operação teria o intuito de “preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, na defesa dos bens e dos próprios da União” e, na prática, será usada para reprimir manifestações marcadas para o local


24 de abril de 2019, 10h43

Vídeo: Polícia quer transferir ato de indígenas para Museu do Índio; Força Nacional vigia com helicóptero

Acampamento Terra Livre, que reúne povos indígenas de todo o Brasil, começa nesta quarta-feira (24). Uso da Força Nacional para reprimir protestos foi autorizado por Sergio Moro a pedido do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência


17 de abril de 2019, 17h42

Rosário chama de “antidemocrático” decreto de Moro para impedir manifestações

Partidos de oposição recorrem à medidas para derrubar decreto; a partir de semana que vem manifestações populares contra a Reforma da Previdência tomam conta da Capital Federal


17 de abril de 2019, 16h34

Projetos pedirão suspensão de Portaria de Moro para conter manifestações

De acordo com o ministro da Justiça, o prazo para uso dos agentes de segurança poderá ser ampliado


17 de abril de 2019, 15h04

Zélia Duncan sobre Força Nacional na Esplanada: “Moro cumprindo ordens de alguém que tem medo do povo”

"Por que será? Qual a ameaça pra eles?", indaga a cantora, ressaltando que é o "povo que anda precisando de proteção"


17 de abril de 2019, 11h57

Moro escala Força Nacional por 33 dias na Esplanada dos Ministérios para reprimir manifestações

Há a expectativa de uma marcha de indígenas e atos de movimentos sociais para os próximos dias. O acampamento de indígenas em Brasília foi alvo de críticas de Bolsonaro, que durante live no Facebook, se referiu ao evento como "encontrão" e disse que quem iria pagar a conta seria o "contribuinte"


27 de maio de 2017, 14h03

Práticas fascistas crescem e atingem movimentos sociais e grupos periféricos

A criminalização da política e a sustentação do pleno poder a determinadas instituições sedimenta o caminho para a edificação de um “fascismo branco” que se realiza a despeito do funcionamento “regular” dos aparelhos de poder democráticos. A total soberania de mídia e judiciário é danosa para a democracia. Mais que isto: para os movimentos sociais e a periferia.


27 de abril de 2017, 15h49

Forte aparato militar em Brasília anuncia ação violenta na greve de amanhã

Quantidade de integrantes da Força Nacional, com armamentos pesados, está chamando a atenção da população na Esplanada dos Ministérios Por Redação O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) postou nesta quinta-feira (27), em sua página no Facebook, um vídeo mostrando a grande quantidade de integrantes da Força Nacional, em Brasília, com armamento pesado. O parlamentar percorreu […]


18 de janeiro de 2017, 18h16

Temer e Alexandre de Moraes são incapazes de lidar com a crise carcerária

“O anúncio do Ministro da Defesa de Temer, Raul Jungmann, feito na manhã desta quarta-feira (18), ao mesmo tempo em que presos sobreviventes resistiam no alto dos telhados de Alcaçuz, em Natal, de garantir a presença das Forças Armadas é um atestado de incapacidade do Estado brasileiro” Por Luiz Henrique Dias* O anúncio do Ministro […]


12 de agosto de 2016, 09h45

Morre soldado da Força Nacional baleado no Rio de Janeiro

Hélio Andrade e outros dois soldados foram recebidos a tiros ao errarem acesso à linha vermelha e entrarem na Vila do João, no Complexo da Maré.


14 de julho de 2016, 10h13

Agentes da Força Nacional podem pedir dispensa das Olimpíadas por trabalho “sub-humano”

Servidores realizaram um protesto na última terça-feira (12); entre as queixas, estão a falta de pagamento das diárias das acomodações, ausência de fogão, cama e colchões, bem como o trabalho superior a 60 horas semanais.


27 de maio de 2013, 14h34

Indígenas ocupam Belo Monte novamente

Grupo afirma que só sai do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Belo Monte quando o governo federal aceitar dialogar com eles e atender as suas reivindicações


10 de maio de 2013, 14h14

Ocupação Belo Monte: “Decidimos sair de maneira pacífica”, dizem indígenas

Grupo desocupou o canteiro o canteiro de obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, após imposição do prazo de 24 horas para a desocupação