#Juliano Medeiros

29 de outubro de 2019, 21h51

PSOL exige respostas sobre depoimento que envolve Bolsonaro ao assassinato de Marielle e Anderson

“As informações veiculadas hoje são gravíssimas. O Brasil não pode conviver com qualquer dúvida sobre a relação entre o Presidente da República e um assassinato”, disse Juliano Medeiros, presidente nacional do partido


18 de setembro de 2019, 10h32

Presidente do PSol, Juliano Medeiros tem palestra cancelada em universidade pública de SC: “Não nos intimidarão. Vai acontecer”

"A Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) proibiu evento com minha presença amanhã em Joinville. Já aconteceu com Boulos, recentemente. Agora acontece comigo. Decisão ilegal, além de autoritária", afirma Juliano Medeiros


13 de setembro de 2019, 17h16

Não reconhecer Lula como preso político “beira a irresponsabilidade”, diz presidente do PSOL

Juliano Medeiros contrariou declaração do ex-ministro Ciro Gomes, que minimizou caráter político da condenação mesmo após reportagens da Vaza Jato


17 de agosto de 2019, 14h24

Intervenção de Bolsonaro na PF para se proteger do caso Queiroz pode levar a impeachment

Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL, chamou a atenção para o fato de que, se Bolsonaro influenciou na queda do superintendente da PF do RJ para barrar as investigações do caso Queiroz, ele incorreu em obstrução criminal, atitude prevista na Lei do Impeachment


15 de agosto de 2019, 10h30

Lideranças progressistas comemoram aprovação da lei de abuso de autoridade

“O conluio de Curitiba e a escalada autoritária do Estado Policial contra movimentos sociais precisa ter fim”, disse o deputado Alexandre Padilha


12 de agosto de 2019, 11h44

Presidente do PSOL ironiza Bolsonaro e diz que não quer Dallagnol no partido

Postagem irônica de Juliano Medeiros foi uma resposta à publicação de Bolsonaro no domingo que colocava Dallagnol como "esquerdista tipo PSOL"


07 de agosto de 2019, 19h12

“Vai ficar pra outra encarnação”: Doria leva invertida após comemorar transferência de Lula

Juliano Medeiros, presidente nacional do PSOL, ironiza ataque do governador de São Paulo, e diz que a transferência de Lula vai ficar pra outra encarnação, “assim como sua vontade de ser presidente em 2020”


07 de agosto de 2019, 18h39

“A desmoralizada República de Curitiba não está acima da lei”, diz Boulos sobre suspensão da transferência de Lula

Wadih Damous declarou: “Nunca vi no Parlamento algo parecido: a quase unanimidade dos partidos políticos pediu que o Supremo não permita a transferência do Presidente Lula. Foi emocionante”


05 de agosto de 2019, 19h09

Juliano Medeiros: “Trabalhei na Câmara vários anos e posso atestar: Bolsonaro é um vagabundo”

O presidente nacional do PSOL comentou a notícia de que Jair Bolsonaro e seus filhos já empregaram 102 pessoas com laços familiares e 37 funcionários fantasmas



16 de maio de 2019, 15h37

“Bolsonaro adora falar grosso com as mulheres, mas fala fino com os EUA”, diz Juliano Medeiros

Presidente nacional do PSOL criticou a atitude do presidente, que constrangeu uma repórter da Folha e S.Paulo


13 de maio de 2019, 22h53

Juliano Medeiros convida prefeito de Nova Iorque para visitar o Brasil: “Venha conhecer o povo que repudia Bolsonaro”

“Então, como presidente do PSOL, o partido de Marielle Franco, devo dizer que expressamos nossa solidariedade ao gesto de Blasio”, tuitou Medeiros


05 de maio de 2019, 18h44

Freixo busca PCdoB, PT e PDT para disputar prefeitura do Rio em 2020

O grande problema de Freixo é interno. Se no âmbito nacional o partido avançou politicamente desde a eleição de Juliano Medeiros como presidente, no Rio de Janeiro a maior parte da direção é contra alianças com outras legendas


12 de março de 2019, 21h44

Presidente do PSOL chama de “canalha” quem compara morte de Marielle à facada em Bolsonaro

Juliano Medeiros rebateu o general Augusto Heleno, que disse: “Todos nós estamos esperando uma resposta, não só deste caso, como da facada em Jair Bolsonaro”


07 de março de 2019, 15h53

O Carnaval de Bolsonaro

Para Juliano Medeiros, a celebração do presidente “não foi só um festival de amargura, ressentimento e bizarrices. Foi, também, a expressão da escalada autoritária que ronda o Brasil”