Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

#Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de agosto de 2019, 15h24

“Não temos nenhuma perspectiva separatista”, afirma Dino sobre Consórcio Nordeste

Para enfrentar a crise econômica, os nove estados nordestinos se uniram e criaram um consórcio que irá buscar investimentos para região sem depender do governo de Jair Bolsonaro

Foto: Divulgação

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB-MA) rejeitou, em discurso nesta terça-feira (20), que o projeto Consórcio Nordeste tenha propósito separatista, conforme acusou o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Dino participou do evento Diálogos Capitais, da revista CartaCapital, em São Paulo, junto aos governadores Camilo Santana (PT-CE), Fátima Bezerra (PT-RN) e Wellington Dias (PT-PI).

“Não temos nenhuma perspectiva separatista”, disse o governador. “O consórcio representa esta perspectiva democrática que não significa oposição, mas sim, diferença. Nós acreditamos na democracia, no pluralismo e na limitação do poder, de quem quer que seja”, declarou.

O Consórcio Nordeste é uma iniciativa de estados do Nordeste para atrair investimentos e alavancar projetos de forma integrada.

Em seguida, Dino destacou a perspectiva “popular” do Consórcio. A ideia é atrair investimentos do setor privado para a região com mediação estratégica do Estado.

“Nós, orgulhosamente, não aderimos aos modismos que acham que o Estado nada tem a dizer na conjuntura atual. Não aderimos que o mercado pode tudo e vai resolver tudo”, declarou. “Socialistas utópicos, pré-Marx, já diziam que era o papel indissociável dos governos. A urna corrige o papel do mercado.”

Dino enumerou as prioridades do Consórcio e reforçou a necessidade de construir diálogo com as empresas privadas para o desenvolvimento nacional.

“Nós sabemos o lugar insubstituível do capital privado e das empresas, mas, para que ele possa se desenvolver em sua plenitude, é preciso que haja uma instância pública, apta em fazer a compatibilização de múltiplos interesses legítimos na sociedade. Nós acreditamos em soberania energética, em bolsas de pós graduação, em desenvolvimento nacional”, disse.

Com informações da Carta Capital


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum