Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de dezembro de 2019, 16h18

Doria diz que PM vai acompanhar baile funk em Paraisópolis neste sábado

“Haverá procedimentos distintos, revisão de protocolos, no entanto a presença da Polícia Militar está assegurada na comunidade”, declarou o tucano

Foto: Reprodução/TV Globo

João Doria (PSDB), governador de São Paulo, declarou, nesta sexta-feira (6), que a Polícia Militar realizará ações neste final de semana no baile funk de Paraisópolis e de outras comunidades da cidade. O tucano voltou a dizer que haverá mudanças nos procedimentos da corporação, porém, não quis dizer quais seriam essas alterações.

“Haverá procedimentos distintos, revisão de protocolos, no entanto a presença da Polícia Militar está assegurada na comunidade. Eles estão cientes disso. Com a revisão de procedimentos, mas a segurança continuará a ser feita na comunidade de Paraisópolis, como em todas as comunidades aqui na Região Metropolitana de São Paulo”, afirmou.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

Dois discursos

Ao longo da semana, Doria mudou radicalmente seu discurso em relação ao massacre imposto pela Polícia Militar em um baile funk, na madrugada de domingo (1), em Paraisópolis. Na oportunidade, morreram nove jovens.

“O secretário da Segurança Pública já foi orientado a rever protocolos e identificar procedimentos que possam melhorar e inibir, senão acabar, com qualquer perspectiva da utilização de violência e de uso desproporcional de força em qualquer acontecimento do estado de São Paulo”, afirmou, nesta quinta (6).

No entanto, na segunda (2), Doria havia dito que a “letalidade não foi provocada pela Polícia Militar, e, sim, por bandidos que invadiram a área onde estava acontecendo o baile funk. Não houve ação da polícia, nem utilização de arma, nem ação da polícia em relação a invadir a área onde o baile funk estava ocorrendo”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum