O que o brasileiro pensa?
15 de dezembro de 2019, 08h50

“Maconheiro de porcaria”: Duvivier adota apelido dado por deputado bolsonarista

Assim como Greta Thunberg, que adotou a alcunha de "pirralha" em seu perfil no Twitter após ataque de Bolsonaro, Gregório Duvivier reagiu com ironia às críticas do deputado Daniel Silveira, o mesmo que quebrou uma placa em homenagem a Marielle Franco

Reprodução/Instagram

O ator e humorista Gregório Duvivier, alvo dos holofotes da mídia na última semana após ataques de cristãos e bolsonaristas ao especial de Natal do Porta dos Fundos, resolveu agir com ironia a um “xingamento” desferido pelo deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ). Silveira é o mesmo deputado que quebrou uma placa em homenagem a Marielle Franco e que, recentemente, cuspiu no rosto de uma estudante universitária no Rio de Janeiro.

“Já vi gente boba, mas igual o tal do Gregório Duvivier, está para nascer. Maconheiro de porcaria querendo colocar o cristianismo em sua vala podre e comum. Moleque”, escreveu o parlamentar, pelas redes sociais, na noite deste sábado (15), seguindo seu correligionário, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que ficou indignado com a sátira natalina protagonizada por Duvivier.

O ator, no entanto, não se abalou. Pelo contrário. Assim como a jovem ativista Greta Thunberg, que adotou a alcunha de “pirralha” em seu perfil no Twitter após ataque de Bolsonaro, Duvivier alterou sua descrição na rede social para “maconheiro de porcaria”.

Fã 

As críticas ao especial de Natal  “A primeira tentação de Cristo” renderam dezenas de piadas para seus protagonistas. Eduardo Bolsonaro, por exemplo, usou seu Twitter duas vezes em menos de três dias para tecer críticas a Duvivier, que reagiu um bom humor.

“Obrigado pela divulgação! Não gosto de você mas adoro que você lê e assiste tudo o que eu faço. Fã é um negócio que a gente não nega”, disse.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum