O que o brasileiro pensa?
13 de junho de 2020, 22h31

Prefeito de Campinas diz que vídeo em hospital será tratado como crime

Jonas Donizette (PSB) criticou pedido de Bolsonaro para que apoiadores filmem locais: “risco de contaminação”

No Distrito Federal, Bolsonarista já atendeu chamado do presidente e atacou hospital (Foto: Reprodução)

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), informou que as pessoas que seguirem a orientação do presidente Jair Bolsonaro e invadirem hospitais para fazer vídeos responderão pelo ato na Justiça.

Em live na última quinta-feira (11), Bolsonaro convocou apoiadores a gravar o interior dos hospitais usados no tratamento de coronavírus para mostrar supostas fraudes.

“O que o presidente fez é algo muito ruim. Ele não é uma pessoa qualquer e muita gente tem como verdade o que ele fala. Para que isso? Quem tentar entrar em hospital para fazer vídeo vai atrapalhar a rotina do trabalho e correr risco de se contaminar”, disse Donizette, também nas redes sociais.

O pedido do presidente já gerou invasões em hospitais no Distrito Federal e no Rio de Janeiro.

Donizette disse que não irá reforçar, nesse momento, a segurança nos hospitais, que já têm segurança própria e apoio da Guarda Municipal. Já o Hospital de Campanha conta com o Exército.

O prefeito afirmou aninda que já houve tentativa de invasão no Hospital de Campanha, durante a construção, e um grupo filmou as tendas de triagem vazias no Hospital de Clínicas da Unicamp.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum