O que o brasileiro pensa?
23 de dezembro de 2019, 20h52

Bolsonaro concede indulto que, segundo presidente da OAB, pode beneficiar milícias

O decreto de indulto natalino foi assinado na noite desta segunda-feira pelo presidente Jair Bolsonaro e beneficia policiais condenados por crimes culposos

Bolsonaro e a caneta Bic (Arquivo/PR)

O presidente Jair Bolsonaro assinou na noite desta segunda-feira (23) decreto que concede perdão de pena a agentes de segurança condenados por “excesso culposo”. A medida já vinha sendo ventilada pelo presidente Jair Bolsonaro desde agosto e foi bastante criticada por abrir margem para o beneficiamento de milícias.

O texto do decreto, que deve ser publicado no Diário Oficial desta terça-feira (24), vai beneficiar policiais condenados por “excesso” em operações policiais. Em agosto, ele havia afirmado que “tem muito policial civil e militar que foi condenado por pressão da mídia”. “Esse pessoal no final do ano será indultado, nomes surpreendentes inclusive, pessoas que honraram a farda, defenderam a vida e foram condenados por pressão da mídia”, declarou.

Na sexta-feira ele voltou a comentar o tema e disse que o decreto adotará critérios semelhantes ao projeto de lei de excludente de ilicitude para operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). “Tem policial condenado por excesso. O excesso, acima de dois tiros, o juiz pode agravar sua pena”, disse ainda.

Milícias

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, foi um dos que criticou a medida logo quando foi ventilada em agosto. “Isso sim é uma alento à impunidade. A medida vai reforçar as milícias urbanas no país. É um risco claro ao Estado Democrático de Direito. O silêncio da sociedade causará grandes danos no futuro”, declarou.

Antes e depois

A medida contradiz ainda declarações dadas pelo presidente antes de assumir o posto. Em novembro de 2018, ele chegou a dizer que “já que indulto é um decreto presidencial, a minha caneta continuará com a mesma quantidade de tinta até o final do mandato”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum