Eleições 2022: Em Pernambuco, Lula tem mais que a soma das intenções de voto de todos os possíveis candidatos, diz pesquisa

Segundo o Instituto Opinião, petista tem 53,2% de intenções de voto entre os pernambucanos, quase o triplo de Bolsonaro, que aparece com 20%

Pesquisa do Instituto Opinião divulgada nesta terça-feira (18) revela que o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto entre a população de Pernambuco para a eleição presidencial de 2022 com ampla vantagem. Pesquisas de âmbito nacional, como a Datafolha divulgada na última semana, também têm apontado o favoritismo do petista.

Segundo o novo levantamento, feito com 2 mil pessoas em 80 municípios de todas as regiões pernambucanas, Lula tem 53,2% das intenções de voto, mais que a soma das intenções de voto de todos os outros virtuais candidatos, brancos, nulos e indecisos.

O presidente Jair Bolsonaro aparece em segundo lugar, porém bem distante do ex-metalúrgico, com 20% das intenções de voto. Na sequência vem o apresentador de televisão Luciano Huck, com 5%, e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que soma 4,8% das intenções de voto. O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fecha a lista com 1,5%. Brancos e nulos representam 10%, enquanto 5,5% dos entrevistados ainda não sabem em quem vão votar.

Na pesquisa espontânea, isto é, quando o nome dos candidatos não é citado, Lula também lidera, com 36,6% das intenções de voto. Já Bolsonaro, nesta simulação, figura com 16,5%. Os outros virtuais candidatos foram menos lembrados: Ciro Gomes aparece com 1,5%, Luciano Huck com 0,5%, João Doria com 0,4%. Ainda foram citados o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), que tem 0,2%, e o último presidenciável do PT, Fernando Haddad, que soma 0,1%.

Governo de Pernambuco

O Instituto Opinião também avaliou as intenções de voto para o governo de Pernambuco e a deputada federal Marília Arraes (PT-PE) lidera com ampla vantagem.

De acordo com o estudo, Marília tem 26,8% das intenções de voto, o triplo da segunda colocada, a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), que tem 9%. O terceiro lugar, se as eleições fossem hoje, seria de Anderson Ferreira (PL), que tem 7,4%.

O ex-prefeito de Recife, Geraldo Júlio (PSB), que contaria com o apoio de João Campos, aparece na quarta colocação com 6,7%, empatado tecnicamente com Miguel Coelho (MDB), que soma 5,6% das intenções de voto. Fecham a lista o ex-ministro José Múcio Monteiro (sem partido), com 3,3%, e Zé Neto (Pros), que aparece com 2,1%. Brancos e nulos somam 19%, enquanto os indecisos chegam a 20%.

Marília Arraes também lidera na pesquisa espontânea, isto é, quando os nomes dos prováveis candidatos não são citados. A petista, nesta simulação, aparece com 6,6% das intenções de voto, e é seguida por Raquel Lyra, que soma 3,7%. Os demais virtuais postulantes ao governo de Recife não chegaram a 2 pontos percentuais na pesquisa espontânea.

O Instituto Opinião ouviu 2 mil pessoas em 80 municípios de todas as regiões de Pernambuco entre os dias 7 e 11 de maio. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.