O que o brasileiro pensa?
16 de julho de 2020, 14h33

Roberto Jefferson sinaliza que Bolsonaro pode se filiar ao PTB

Novo ídolo do bolsonarismo, condenado no Mensalão foi bajulado pelo deputado Otoni de Paula, que anunciou sua filiação à legenda comandada pelo ex-parlamentar: "Ele sabe o caminho"

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, voltou a insinuar que o presidente da República, Jair Bolsonaro, possa migrar para o partido. Condenado a sete anos de prisão por corrupção no esquema conhecido como mensalão, o dirigente partidário se aproximou do ex-capitão durante a pandemia do novo coronavírus.

“O Presidente Bolsonaro indica o caminho. É 14. É PTB”, publicou o ex-deputado em seu Twitter ao compartilhar uma foto publicada por Bolsonaro assistindo à final do Campeonato Carioca.

Em áudio obtido pelo jornalista Paulo Cappelli, do Jornal O Globo, revelado na última terça-feira (14), o dirigente do PTB afirma a um correligionário que Bolsonaro “ficou muito inclinado” migrar para a legenda. O ex-capitão está sem partido desde novembro do ano passado, quando abandonou o PSL.

Em videoconferência realizada no início de julho, Jefferson afirma que convidou o presidente para disputar as eleições de 2022 pelo PTB. O ex-capitão integrou o partido entre 2003 e 2005 e saiu na época do Mensalão, que teve o ex-deputado como pivô.

O ex-parlamentar tem sido exaltado por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro como um “exemplo” para a “nova geração”. Em vídeo publicado nas redes sociais, o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ), ex-vice-líder do governo Bolsonaro na Câmara e investigado no inquérito dos atos antidemocráticos, diz que Jefferson “sempre foi sinônimo de responsabilidade, Roberto Jefferson tem moral para ensinar a minha geração qual o caminho”. O parlamentar deve migrar para o PTB, segundo Paulo Capelli, d’O Globo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum