Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de outubro de 2019, 14h27

Discursos sobre ditadura bolsonarista ligam alerta na cúpula das Forças Armadas

Discurso de Bolsonaro, de endurecer o regime para não permitir protestos como no Chile, são compartilhados por quadros do Exército, mas não encontram eco na cúpula da Marinha e da Aeronáutica

Bolsonaro, ministério e militares (Foto: Isaac Amorim/ MJSP)

Os recentes discursos de Jair Bolsonaro e do seu entorno sinalizando um endurecimento do regime rumo a uma ditadura bolsonarista ligaram o sinal de alerta na cúpula das Forças Armadas.

Segundo reportagem de Igor Gielow, nesta quarta-feira (30) na Folha de S.Paulo, oficiais-generais da ativa, das três Forças, dizem não haver apoio generalizado a eventuais aventuras repressivas sugeridas pelo grupo.

Apesar disso, principalmente no Exército haveriam quadros que compartilham da mesma visão de Jair Bolsonaro, que não encontram eco na Marinha e na Aeronáutica.

O texto cita ainda que o ex-comandante do Exército, general Villas-Bôas, seria um desses militares que estariam com Bolsonaro, mas que sua influência na caserna é cada dia menor.

O alerta teria sido ligado quando Bolsonaro começou a exaltar a ditadura de Augusto Pinochet diante dos protestos contra o governo neoliberal de Sebastián Piñera no dia 22 de agosto.

Um dia depois, o presidente afirmou, em Tóquio, que as Forças Armadas estão preparadas para usar o artigo 142, que é pela manutenção da lei e da ordem, caso aconteçam manifestações por aqui como as do Chile.

Nesta terça-feira (29), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), em discurso na Câmara, declarou que se o povo brasileiro seguir o exemplo dos chilenos, e ocupar as ruas contra o governo, em protestos intensos, a ditadura militar vai se instalar novamente no Brasil.

Nesta quarta-feira (30), diante das perturbações no governo gerados pela reportagem do Jornal Nacional associando Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco, o general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), voltou a sinalizar um endurecimento do regime para a formatação da ditadura bolsonarista.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum