O que o brasileiro pensa?
26 de maio de 2020, 17h33

Doria vê escalada autoritária de Bolsonaro em operação contra Witzel

Temor é compartilhado por outros governadores, que comparam Polícia Federal sob interferência do presidente com a polícia política da ditadura Vargas

Foto: Agência Brasil

Para o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a operação da Polícia Federal contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ) nesta terça-feira (26), indica uma escalada autoritária do presidente Jair Bolsonaro.

“Independentemente da análise, e toda investigação necessária deve ser feita onde há suspeita, a operação que foi anunciada antecipadamente por uma deputada aliada, e comemorada pelo presidente, insinua a escalada autoritária e isso é preocupante”, afirmou Doria, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

O governador tucano fala da deputada bolsonarista Carla Zambelli (PSL-SP), que prometeu ações contra governadores em entrevista na véspera da operação, e da mensagem que Bolsonaro publicou nas redes sociais, parabenizando a PF pela operação. Fontes no Planalto revelaram que o presidente sabia da operação há uma semana.

Para o governador, a sinalização da operação de hoje é grave. “A utilização da PF para intimidar adversários, seja na política ou fora dela, deve ser condenada pela sociedade”, disse o tucano.

Assim como Witzel, Doria também está na mira de Bolsonaro. Na fatídica reunião ministerial de 22 de abril, o presidente chamou o governador paulista de “bosta”, e o fluminense, de “estrume”.

Outros governadores também demostraram preocupação semelhante. Flavio Dino (PCdoB-MA), por exemplo, enfatizou que a antecipação e a comemoração da operação comprometem a lisura das investigações.

Os governadores tem um cenário de Estado Novo (1937-45), com comparações entre a polícia política da ditadura de Getúlio Vargas com os planos de Bolsonaro e a PF sob nova direção, depois da saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum