O que o brasileiro pensa?
01 de maio de 2020, 16h17

Ciro Gomes: “Que esse 1º de Maio ajude a levantar o nosso povo brasileiro”

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ainda disse que Bolsonaro "incentiva a pandemia a aumentar"

Foto: Divulgação

O ex-ministro Ciro Gomes defendeu durante sua participação na live das centrais sindicais realizada na tarde desta sexta-feira (1º) em razão do primeiro de maio.

“Desejo que esse primeiro de maio, apesar de tanta aflição e angústia, ajude a levantar o nosso povo brasileiro e que possamos ser capazes de reorganizar a luta para lutar por nossos direitos”

Ciro ainda defendeu a construção “das bases de um novo projeto nacional de desenvolvimento que coloque no centro o trabalho, o trabalhador, a trabalhadora e suas famílias e não a especulação”.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ainda afirmou que o primeiro de maio deve ser “um dia de estar unido em busca de uma sociedade mais justa que só se constrói pela mão do trabalhador”.

“É dia de lutar contra o autoritarismo, lutar contra o governo de Jair Bolsonaro que tira direitos e incentiva, inclusive, essa pandemia a aumentar”, disse ainda. “Temos que olhar para o futuro, hoje sombrio, representado por Jair Bolsonaro. Vamos à luta porque a luta continua”, completou.

Já participaram da live o ex-ministro Fernando Haddad, a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, o governador do Maranhão, Flávio Dino e a ex-ministra Marina Silva.

Mais cedo, o ex-presidente Lula compartilhou um vídeo em suas redes afirmando que a tragédia do coronavírus deixou o capitalismo nu. “Foram necessários trezentos mil cadáveres para a humanidade ver uma verdade que nós, trabalhadores, conhecemos desde o dia que nascemos. A tragédia do Coronavírus expôs à luz do sol uma verdade inquestionável: o que sustenta o capitalismo não é o capital”, disse.

A ex-presidenta Dilma também compartilhou um vídeo em que classifica este 1º de Maio como o mais trágico da história. “Se o presidente despreza a vida, e dá de ombros, dizendo ‘E daí?’, nossa busca determinada por mudanças mostrará a ele que o povo brasileiro vai impor sua vontade e retomar o caminho da justiça social e do desenvolvimento do país”, afirmou.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags