Voto impresso: Bolsonarista Bia Kicis diz que PDT é um grande parceiro

A deputada do PSL afirmou, também, que não existe deputados de extrema direita: “Quando a gente questiona a urna eletrônica, nós somos extremistas”

A deputada federal bolsonarista, Bia Kicis (PSL-DF), para defender a tese do voto impresso, ressuscitada pelo presidente e seus apoiadores, elogiou, nesta segunda-feira (28), a postura do PDT. Ela agradeceu o apoio do partido de Ciro Gomes, “um grande parceiro nessa luta”.

Além disso, a parlamentar afirmou, ainda, sem constrangimento, que não há deputados de extrema direita.

“E nós parlamentares estamos na mesma situação que os eleitores. Quando a gente questiona a urna eletrônica, nós somos extremistas. Aqui não tem ninguém de extrema direita não. Aqui tem deputados, deputados de direita, mas que não são de extrema, não. Agora, nós temos muitos deputados de extrema esquerda que nos acusam de ser de extrema direita”, declarou ao Antagonista.

Autora de PEC que propõe a implementação do voto impresso no país, Kicis contratou duas empresas para divulgar o conteúdo do projeto. Pagas com verba parlamentar, as empresas têm repercutido vídeos e publicações da parlamentar que questionam, sem evidências, o processo eletrônico.

A bolsonarista contratou a Inovatum Tecnologia da Informação por R$ 2 mil mensais para gerenciar o grupo de Telegram “VotoImpressoAuditável”. Por R$ 4,5 mil, a Gohawk Tecnologia da Informação também foi contratada para criar uma página que permite o cadastro e acesso de apoiadores ao grupo de Telegram.

Companhia

Uma das principais aliadas de Kicis na tentativa de fazer o país voltar a ter voto impresso é a também deputada federal bolsonarisra, Carla Zambelli (PSL-SP).

A defesa que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, fez do voto impresso, em maio, já havia provocado elogios da parlamentar.

Publicidade

“Nas últimas décadas, nenhum partido defendeu o voto impresso auditável mais do que o PDT. Parabéns pelo posicionamento, Carlos Lupi. Eleições transparentes, seguras e confiáveis não são pauta ‘da direita’ ou ‘da esquerda’, mas DO BRASIL”, escreveu a parlamentar, investigada no inquérito das fake news que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR