Bolsonaristas comparam juventude de Bolsonaro e Doria com foto do roqueiro Ronnie James Dio

De fato, o ex-vocalista do Black Sabbath tem certa semelhança com o governador paulista, a quem as milícias virtuais tentaram desqualificar em uma comparação com Bolsonaro em traje militar

Se foi por ignorância ou de caso pensado ainda não está claro, mas o fato é que as milícias bolsonaristas têm espalhado pelas redes sociais, nos últimos dias, uma imagem que compara as juventudes do presidente Jair Bolsonaro e do governador de São Paulo, João Doria, com supostas fotos antigas de ambos.

“Tirem suas próprias conclusões”, diz a legenda de algumas das postagens da imagem, cuja intenção, claramente, é desqualificar o tucano pelo fato de, supostamente, ele ter sido roqueiro, enquanto Bolsonaro teve passado militar. Ou seja, a estratégia de uma retórica moralista.

Acontece que o cabeludo que aparece na foto não é João Doria, mas o ex-vocalista da banda britânica de heavy metal Black Sabbath, Ronnie James Dio.

Doria X Bolsonaro

O governador de São Paulo, João Doria, tem subido o tom contra Bolsonaro durante a crise do coronavírus e os dois chegaram a bate-boca em uma reunião entre o presidente e os governadores.

Isso porque Bolsonaro se coloca contra o isolamento social para conter a pandemia, enquanto Doria e outros governadores defendem medidas mais restritivas. As rusgas entre os dois atiçaram as milícias bolsonaristas a promoverem ataques contra o tucano, que chegou a registrar um Boletim de Ocorrência por ameaça.

Nesta sexta-feira (3), o senador bolsonarista Major Olímpio (PSL-SP) protocolou um pedido de impeachment contra Doria.

Publicidade
Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR